Seguidores

terça-feira, 2 de junho de 2015

É JUNHO, ENTÃO VAMOS DE FESTA JUNINA!

Foto: Facebook Arraiá da Beira Rio
Foto: Facebook Arraiá da Beira Rio

A fogueira ta queimando 
em homenagem a São João, 
o forró já começou
 vamo gente rapá pé nesse salão'' 
(Luiz Gonzaga)

Quando o véio Lua (Luiz Gonzaga) com sua sanfona tocava esse arrasta-pé pelas cidades do nordeste era o anúncio da chegada do mês de junho, o mês das fogueiras, de pagar e fazer promessas por mais uma grande colheita, o mês da festança popular, o mês de reunir a juventude, pegar seu par e cair no forrobodó.

Essa cultura se espalhou pelo Brasil a fora, hoje quando chega o mês de junho, escolas, repartições públicas e privadas, associações de bairros, igrejas e até mesmo algumas residências, começam a decorar seus espaços com bandeirinhas coloridas, preparar lenha pra fazer as tradicionais fogueiras, são incluído nas compras do mês, o milho para o mingau, a pipoca, o quentão, bolo de macaxeira, cuscuz, o pé de moleque e outras guloseimas consumidas neste período. Este é o mês de junho no Brasil.

No Amapá, além destas tradições, outro fenômeno tomou conta de nosso estado, as apresentações das quadrilhas juninas, que para 2015 teremos aproximadamente 84 grupos dos quatro cantos de nossa região, dançando nossos ritmos com temáticas que exaltam culturas e tradições de vários povos e várias regiões.

Para este ano o governo do Amapá juntamente com a FEFAP (Federação das Entidades Folclóricas do Amapá), entidade responsável pela realização do evento, pretendem fazer o concurso no estacionamento do complexo turístico do meio do mundo, onde se encontra o monumento do Marco Zero do Equador, o Sambódromo de Artes Populares, o Estádio Zerão e a Cidade do Samba.

O valor estimado pra quadra junina deste ano é de R$ 1 milhão de reais, e cada quadrilha junina receberá seis mil reais como forma de apoio para a continuidade dos trabalhos de cada grupo, já que uma quadrilha junina para realizar um bom trabalho gasta em média 20 a 50 mil reais para concretização de um bom trabalho.

Os grandes espetáculos proporcionados pelos grupos serão realizados nos municípios de Mazagão, Santana, Ferreira Gomes, Vitória do Jari e a grande final do concurso acontecerá em Macapá.

O evento será dividido em dois estilos, o concurso de quadrilhas estilizadas e o concurso de quadrilhas tradicionais, acompanhem as datas e locais dos eventos.


Fontes: Assessoria de Comunicação FEFAP

Dia 12 – Eliminatória do Polo Mazagão
Dia 13 – Eliminatória do Polo Santana
Dia 14 – Eliminatória do Polo Norte
Dia 16 – Eliminatória do Polo Vale do Jari (Vitória do Jari)
Dias 17, 18 e 19 – Eliminatória do Polo Macapá
Dia 20 – Final do Polo Macapá
Dias 23, 24 e 25 – Eliminatórias do Estadual
Dias 26 e 27 – Eliminatórias dos grupos tradicionais
Dias 28 e 29 – Finais do Estadual Estilizadas
Dia 30 – Final do Estadual Tradicionais

Texto: Cláudio Rogério



Nenhum comentário:

Postar um comentário